Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

pouparcozinharedivagar



Sábado, 30.01.16

Bolo molhadinho de coco

Apetecia-me um bolo de coco, bem molhadinho e encontrei uma receita que me encheu as medidas no http://mundodasreceitasbimby.blogs.sapo.pt/, que decidi testar na cuisine companion e funcionou às mil maravilhas:

bolo_coco.jpg

 

Nota: quem quiser fazer de forma tradional, na batedeira, é só bater bem os ingredientes pela mesma ordem.

Ingredientes:

Bolo:

5 ovos

400 gr de açúcar

250 ml de leite

300 gr de farinha fina para bolos

1 colher de chá de fermento 

Cobertura:

200 ml de leite de coco

200 ml de leite

1 lata de leite condensado light

coco ralado q.b.

bolo_molhado_de_coco12.jpg

Preparação do bolo:

Na taça da cuisine companion, colocar o acessório batedor, juntar os ovos e o açúcar e programar 9 minutos, 40º, velocidade 5.

Entretanto pré-aquecer o forno a 180º. Forrar um tabuleiro quadrado ou retangular com papel vegetal.

Quando terminarem os 9 minutos, adicionar o leite pela tampinha e programar mais 10 segundos (manter os 40º e a velocidade 5).

De seguida retirar a tampa e adicionar a farinha e o fermento, programar mais 20 segundos (manter os 40º e a velocidade 5). Ao fim dos 20 segundos retirar o acessório batedor, para verificar se tem farinha acumulada. Se tiver, com a espátula retirar a farinha e juntar na massa, voltar a colocar o acessório batedor e programar mais 20 segundos.

bolo_molhado_de_coco11.jpg

Verter a massa no tabuleiro e levar ao forno por cerca de 25 a 30 minutos. Fazer o teste do palito, para verificar se a massa está cozida.

bolo_molhado_de_coco10.jpg

Cobertura:

Enquanto o bolo coze, lavar e limpar bem a taça da cuisine companion. Colocar na taça o acessório misturador, juntar o leite de coco, o leite e o leite condensado e misturar durante 10 segundos, na velocidade 8.

bolo_molhado_de_coco9.jpg

É importante utilizar leite de coco de boa qualidade. Este leite de coco da Ayam, é produzido na Malásia e importado e distribuído em Portugal pela touch. É um produto 100% natural, produzido a partir do melhor coco maduro.

bolo_molhado_de_coco6.jpg

bolo_molhado_de_coco5.jpg

Sem retirar da forma, cortar o bolo em quadrados e regar uniformemente com o molho.

bolo_molhado_de_coco4.jpg

Deixar repousar 1 hora e depois polvilhar com coco ralado.

Levar de seguida ao frigorífico durante algumas horas (preferencialmente de um dia para o outro).

bolo_molhado_de_coco3.jpg

bolo_molhado_de_coco.jpg

bolo_molhado_de_coco2.jpg

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Sexta-feira, 29.01.16

Parceria Orivárzea - Arroz Bom Sucesso

É com imenso prazer que anuncio uma nova parceria, com mais uma marca nacional, cheia de tradição, sabor e qualidade!!! A Orivárzea!!!

orivarzea3.jpg

A história da Orivárzea começa em 1997, quando um grupo de 10 dos mais importantes orizicultores da Lezíria Ribatejana decide dar as mãos e juntar as forças para produzir e comercializar um arroz de excelência com qualidades únicas, e fazê-lo chegar ao consumidor final a preço justo.

A rentabilização dos meios de produção, e o acerto de um projecto fundado no espírito de solidariedade e entreajuda, rapidamente atraíram novos agricultores que foram crescendo através dos anos até chegarem aos actuais 37 associados com 5000 hectares semeados. Todos Ribatejanos, todos produtores de arroz, todos fiéis aos princípios de certificação que garantem um arroz muito acima dos padrões oficiais de qualidade e com um controle absoluto do processo produtivo, desde a semente, produzida pela Orivárzea, até à embalagem na prateleira do supermercado.

A qualidade do Arroz Carolino produzido pela Orivárzea na Lezíria Ribatejana é de tal forma distintiva, que para além do mercado nacional o produto é hoje exportado para os mercados da Suíça, Polónia e Bélgica.

Além disso, empresas tão exigentes como a Danone/Milupa e BENEO-Remy, referências no mercado da alimentação infantil, confiam hoje na qualidade do arroz Orivárzea como matéria prima selecionada para a rigorosa preparação dos seus produtos.

É claro que, como quase todos os produtos excepcionais, o segredo da Orivárzea está no cuidado que uma quantidade limitada permite dedicar a todas as fases da produção. É que ao contrário da generalidade das marcas de arroz disponíveis no mercado, o arroz produzido pela Orivárzea é inteiramente cultivado pelos seus associados na Lezíria Ribatejana. Sendo a sua produção limitada, e uma vez que a Orivárzea nunca adquire arroz de outros produtores, a colheita de cada ano pode esgotar no fim do Verão. A nova Colheita chega ao mercado no Outono.

Dentro da Orivárzea, podemos encontrar 4 Marcas:

Arroz Bom Sucesso

A marca Bom Sucesso já conquistou um lugar de distinção no mercado português. É das mais disponíveis no portfolio da Orivárzea, a de maior notoriedade, tanto no mercado doméstico como entre os Chefes de Cozinha mais proeminentes do nosso país. É também esta marca produzida pela Orivárzea exportada para vários países do mercado europeu.

Disponível nas variedades Carolino, Agulha, Integral e Aromático, o arroz Bom Sucesso, é resultado de um rigoroso controle em todas as fases do processo de produção, o qual termina na selecção grão a grão e no embalamento em atmosfera controlada. É sem dúvida um arroz premium e o carro-chefe das marcas Orivárzea, distinguido pelo terceiro ano consecutivo com o prémio Sabor do Ano, e o único arroz produzido em toda a Europa certificado nos Sistemas de Gestão de Qualidade.

Para saber tudo sobre cada variedade não deixem de visitar: http://www.orivarzea.pt/marcas/bom-sucesso/

Arroz Belmonte

A marca Belmonte, disponível apenas em alguns pontos de venda do mercado português, é sinónimo de um arroz tradicional e de grande qualidade. Disponível nos tipos Carolino e Agulha, o arroz Belmonte passa por um cuidadoso controle em todas as fases do proceso de produção.

Podem ler tudo em: http://www.orivarzea.pt/marcas/belmonte/

Arroz IGP

IGP – Indicação Geográfica Protegida, é uma qualificação europeia, usada para designar um produto que mantém uma relação com o meio geográfico onde é produzido. Ao adquirir um produto que beneficie da qualificação IGP, o consumidor tem a garantia de que o produto possui características de autenticidade, de sabor e de aroma inigualáveis e que foi sujeito a um rigoroso sistema de controlo independente, instituído ao longo de todo o processo produtivo.

E foi esta qualificação que o Arroz Carolino produzido pela Orivárzea obteve em 2008, dando origem ao nome Arroz Carolino das Lezírias Ribatejanas, o primeiro nome de um arroz a ser qualificado como IGP em todo o território nacional.

Como todo o arroz produzido pela Orivárzea, também este Carolino da variedade Aríete é exclusivamente produzido no Ribatejo, nas Lezírias formadas pelos rios Tejo, Sorraia e Almansor quando atravessam os Concelhos de Benavente, Salvaterra de Magos, Vila Franca de Xira, Azambuja e Coruche.

http://www.orivarzea.pt/marcas/igp/

Arroz Baby Rice

O que é que se dá a uma criança? Apenas o melhor. Foi com esse espírito que a Orivárzea seleccionou zonas especiais de cultivo e processos absolutamente exigentes de segurança agrícola e alimentar, para criar lotes de arroz Carolino rigorosamente isentos de qualquer traço químico ou bacteriológico passível de prejudicar a saúde de uma criança.

Saibam mais em: http://www.orivarzea.pt/marcas/baby-rice/

 

Orivárzea teve a gentileza de me enviar alguns produtos da sua gama Arroz Bom Sucesso para tornar as minhas experiências gastronómicas ainda mais saborosas, com a qualidade a que nos habituou! 

logo_bom_sucesso.jpe

orivarzea.jpg

orivarzea2.jpg

O meu muito Obrigada pela oferta, pela simpatia e pela disponibilidade, especialmente a Jorge Parreira, Diretor Comercial e Marketing e a Ricardo Martinho, Delegado Comercial!!!

Em breve divulgarei as minhas receitas com estes produtos.

 

Recomendo seguirem a marca no facebook, onde há sempre excelentes sugestões, inspiração para utilizarmos os seus produtos e por vezes passatempos:

https://www.facebook.com/www.orivarzea.pt/

https://www.facebook.com/Bom-Sucesso-143043432430908/

https://www.facebook.com/arroz.bomsucesso

 

E visitarem regularmente o site da Orivárzea, onde podem estar a par das novidades e encontrar imensas deliciosas receitas disponíveis:

http://www.orivarzea.pt/receita/os-classicos/

http://www.orivarzea.pt/receita/sugestoes-do-chefe/

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 21.01.16

Lombinho de porco com mel, mostarda e alecrim e batatas aromáticas

Lombinho de porco com mel, mostarda e alecrim e batatas aromáticas

 lombinho2.jpg

Ingredientes

1 lombinho de porco

1,5 colheres de sopa de mel de rosmaninho

2 colheres de sopa de mostarda (se for Dijon, melhor)

1 galhinho de alecrim fresco

Azeite q.b.

Sal, alho em pó e pimenta preta q.b.

Espumante q.b. (ou vinho branco)

4 batatas grandes

Ervas de Provence q.b.

Pimentão doce e pimentão picante q.b.

 lombinho1.jpg

Estas quantidades eu fiz para 2 pessoas. De tão bom que é, não sobra nada!!!

 

Preparação

Numa taça, misturar o mel, a mostarda, sal, alho em pó, pimenta preta e o alecrim.

Num saco hermético, que é como acho mais pático temperar carne ou peixe em pouco tempo, colocar o lombinho, bem barrado com esta mistura. Salpicar com azeite e reservar.

Deixei apenas repousar uma hora e ficou excelente de tempero. Quanto mais tempo marinar, melhor.

Pré-aquecer o forno a 200ºC, com ventilação.

Cortar as batatas em cubos.

Numa assadeira, dispor as batatas, temperar com azeite, sal, ervas de Provence, pimentão doce e pimentão picante e envolver bem com as mãos.

Criar no centro espaço para o lombinho.

Colocar o lombinho, com o líquido da marinada e regar com um pouco de espumante e um fio de azeite.

 lombinho4.jpg

Levar a assar no forno durante cerca de 40 minutos, regando de vez em quando com o próprio molho.

lombinho3.jpg

lombinho2.jpg

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 21.01.16

Homemade Blueberry Cinnamon Rolls l Rolinhos de mirtilo e canela

Esta é uma maravilhosa receita, que deixa um cheiro irresistível por toda a casa!!!

This is a wonderful recipe, which leaves an irresistible smell inside our home!!!

 rolls7.jpg

Ingredients l Ingredientes:

For the Dough l Massa:

600 gr plain flour l 600 gr farinha sem fermento

125 gr sugar I 150 gr de açúcar

1 sachet dried yeast l 1 saqueta de fermento de padeiro Fermipan

1 sachet of vanilla sugar I 1 saqueta de açúcar baunilhado

200 ml milk I 200 ml de leite

5 egg yolks l 5 gemas de ovo

150 gr melted butter l 150gr de manteiga amolecida

1 pinch of salt l 1 pitada de sal

 

For the Filling l Recheio:

3 tablespoons of melted butter l 3 colheres de sopa de manteiga derretida

3 tablespoons sugar l 3 colheres de sopa de açúcar

3 teaspoons cinnamon l 3 colheres de chá de canela em pó

200 g frozen blueberries (or fresh) I 200 gr de mirtilos congelados (podem usar frescos) Red - Berry Fruits

 

1 egg yolk I 1 gema de ovo

1 tablespoon milk I 1 colher de sopa de leite

 

Preparação I Directions:

 

Na cuisine companion:

Na taça da cuisine companion, com a lâmina de triturar/amassar, colocar o leite e o fermento. Programar vel5, 35º, 3 min.

Juntar os restantes ingredientes (farinha apenas 500gr) e programar P2 Massas. No fim do P2 Massas, ver o estado da massa. A minha estava muito mole mesmo, por isso adicionei mais 100 gr de farinha e programei novamente P2 Massas.

Deixar levedar os 40min que no final o programa propõe.

 

Preparação tradicional:

Misturar a farinha, o açúcar, o fermento, o sal e o açúcar baunilhado. Misturar os ovos com o leite (ambos devem estar à temperatura ambiente) e adicionar. Juntar a manteiga derretida à mistura e bater numa batedeira ou processador até a massa estar macia e brilhante.

Deixar a massa levedar, coberta com um pano, durante pelo menos 1 hora.

 

 

Estender a massa com cuidado. Esta massa é muito mole e pegajosa. A base e as mãos devem estar bem enfarinhadas, para se conseguir trabalhar a massa.

A 3 colheres de sopa de manteiga amolecida, juntar 3 colheres de sopa de açúcar e 3 colheres de chá de canela em pó e mexer bem.

Barrar esta mistura sobre a massa.

Dispor os mirtilos e enrolar.

Cortar rolinhos e colocar num tabuleiro. Se possível deixar repousar mais 30min.

Misturar uma gema de ovo com 1 colher de sopa de leite e pincelar os rolinhos.

Pré-aquecer o forno a 165º e levar ao forno durante 40 min, até estarem ligeiramente dourados.

Retirar do forno e deixar arrefecer. Servir simples ou polvilhados com açúcar e/ou canela.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Combine the flour, sugar, yeast, salt and vanilla sugar. Mix the egg yolks and milk (both should be at room temperature) and add to the flour mixture. Add finally the melted butter to the flour mixture.

Mix in an electric mixer or food processor until the mixture gets smooth, shiny and elastic. Cover and leave to rest and rise in a warm place for at least an hour.

Roll out the mixture trying to form a rectangular shape, in a lightly floured surface.

Mix well 3 tablespoons of melted butter with 3 tablespoons of sugar and 3 teaspoons of cinnamon. Spread it on the dough. Sprinkle with the blueberries.

Roll it up. Cut rolls of about 4 cm and put them (not too close to each other, as they will rise in volume while baking) into a buttered and floured baking tray. If possible, cover the rolls and let sit for 30 minutes more.

Mix one egg yolk and 1 tablespoon of milk and brush tops.

Pre-heat the oven at 165º C and bake for about 40 minutes, until lightly golden.

Remove from the oven and leave to cool.

Serve it simple or sprinkled with sugar and/or cinnamon.

rolls1.jpg

rolls2.jpg

rolls3.jpg

rolls4.jpg

rolls5.jpg

 

rolls7.jpg

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 07.01.16

Tronco fingido de cenoura

tronco_natal.jpg

tronco_natal2.jpg

tronco_natal3.jpg

Ingredientes

500 gr de Cenouras

2 chávenas de açúcar

2 chávenas de farinha fina para bolos

1 chávena de óleo mal medida

4 ovos

1 colher de sobremesa de Fermento em Pó

Casca de Limão/raspa de limão

1 pitada de sal

 

Óleo em spray para untar e farinha para polvilhar

 

Cobertura:

Meia barra de chocolate pantagruel

Leite qb

 

Preparação tradicional:

Descascar as cenouras e cortar em pedaços. Numa panela, colocar as cenouras, água quente e uma pitada de sal. Deixar a cozer por 20min.

No final do tempo, escorrer bem e triturar a cenoura cozida (usando a varinha mágica ou num liquidificador).

Numa taça, juntar a cenoura cozida, raspa de limão e o açúcar e bater com a batedeira.

Juntar os ovos, o óleo, a farinha e o fermento e bater muito bem com a batedeira.

Verter numa forma untada com óleo em spray (manteiga ou margarina) e polvilhada com farinha. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos.

 

 

Preparação na cuisine companion:

Descascar as cenouras e cortar em pedaços. Colocar as cenouras na taça da cuisine companion (sem acessório), cobrir com água quente, deitar uma pitada de sal e programar manualmente 130º, por 20min.

No final do tempo, retirar a cenoura cozida , escorrer e limpar a taça e colocar a lâmina de triturar/amassar.

Juntar a cenoura cozida, a casca de limão e o açúcar e programar vel. 12, 1 minuto

Juntar os ovos, o óleo, a farinha, o fermento e programar P3 massas, 5 min. A meio do tempo parar e com a espátula juntar o que estiver nas laterais

Verter numa forma untada com óleo em spray (manteiga ou margarina) e polvilhada com farinha. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos.

 

Para a cobertura:

Cortar em pedaços pequenos, meia barra de chocolate pantagruel e levar ao microondas a derreter num pouco de leite.

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Revista de blogues

Revista de blogues

Blogs Portugal



PARCERIAS


Orivárzea


parmalat


Guloso


Gradirripas


Rialto


Dulcis


Imporcha-Oriental Sensations