Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

pouparcozinharedivagar



Domingo, 31.05.15

O meu bolo de aniversário

 

meu bolo.jpg

 

E este ano, este foi o bolo que decidi fazer para o meu aniversário 

Na minha mente idealizei a combinação do chocolate, com baunilha, natas, morangos e frutos do bosque e quando eu meto uma coisa na cabeça, tem mesmo que ser  

  

Ingredientes:
Para a massa do bolo de chocolate:
2 chávenas de farinha fina para bolos
1 chávena e meia de açúcar
1 chávena de chocolate em pó (costumava usar o Nestlé Gold, mas como agora não o encontro, tenho usado este e gosto bastante)
4 ovos
1/2 chávena de leite
1 pacote de natas com sabor a baunilha Parmalat (pode ser à temperatura ambiente)
1 chávena,mal medida, de óleo
1 colher de chá de fermento
 
Para o recheio e cobertura:
2 pacotes de Natas com sabor a baunilha Parmalat
1 embalagem Dulcirecheio Frutos Silvestres 200 gr Dulcis
Morangos qb
Frutos do bosque qb

 

 DSC02706.JPG

Preparação do bolo:
 
Misturar a farinha com o fermento, juntar o açúcar e o chocolate em pó. Bater os ovos (inteiros) numa tigela e adicionar. Bater com a batedeira. Adicionar o leite, as natas e o óleo e bater muito bem com a batedeira, até estar uma massa bem lisa e homogénea.
 
Untar uma forma de fundo amovível  e polvilhar com farinha. Levar ao forno, pré-aquecido, a 200º, durante cerca de 40 minutos. Como cada forno é um forno, o melhor é ir fazendo o teste do palito 
 
Preparação do recheio e cobertura:
Começar por bater as natas. Eu bati cada pacote em separado, porque não sabia como ia ficar o resultado do recheio e não quis arriscar.
Confesso que, com a azáfama da festa, me portei muito mal, e me esqueci de colocar as natas no frigorífico de véspera.
Entrei em pânico, mas resolvi fazer a experiência de as colocar no congelador. Nem 2 horas lá estiveram e como podem ver ficaram super firmes (contudo, aconselho a que coloquem sempre no frigorífico, pelo menos com 12 h de antecedência, conforme indicam habitualmente as embalagens).
Fiquei agradavelmente surpreendida com estas Natas com sabor a Baunilha da Parmalat, além de deliciosas, logo na primeira experiência, não me deixaram ficar mal.

 

DSC02707.JPG

DSC02708.JPG

Desenformado o bolo, cortei-o ao meio e barrei com uma camada generosa de Dulcirecheio Frutos Silvestres (composto por framboesa, morango, amora e groselha, com verdadeiros pedaços)

DSC02714.JPG

Seguidamente misturei um pouco do Dulcirecheio Frutos Silvestres nas Natas Parmalat com sabor a Baunilha, para ficarem com uma tonalidade rosa

DSC02710.JPG

DSC02712.JPG

Barrei com a mistura de Natas e Dulcirecheio e dispus morangos e mirtilos, cortados

DSC02715.JPG

 Cobri com mais  mistura de Natas e Dulcirecheio

 DSC02716.JPG

Coloquei a 2ª metade do bolo por cima.

E para a cobertura utilizei a 2ª taça de Natas, com o que restou do Dulcirecheio. E enfeitei com frutos do bosque e morangos.

DSC02717.JPG

DSC02718.JPG

 

 Na hora de servir, polvilhei os frutos com um pouco de açucar em pó

 

DSC02719.JPG

 

 DSC02738.JPG

 

 

Embora nas fotos com melhor qualidade, não se note muito bem, quer o recheio, quer a cobertura, ficaram com uma tonalidade rosa

niver.jpg

DSC02726.JPG

 DSC02722.JPG

DSC02743.JPG

DSC02756.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Segunda-feira, 25.05.15

Rosas Folhadas de Maçã e Canela

 Esta receita é familiar de muitos e há imensas formas diferentes de a fazer. Eu adotei um método simples e rápido

DSC02701.JPG

 

DSC02699.JPG

Ingredientes:

1 placa de massa folhada retangular

1 maçã

sumo de meio limão

compota de alperce qb

açúcar e canela qb

açúcar baunilhado

DSC02691.JPG

Fatiar a maçã em meias luas fininhas. Colocar numa taça, regar com sumo de meio limão, polvihar com açúcar e levar ao microondas por 2 minutos.

Esticar ligeirante a massa folhada e cortar 7 retângulos, mais ou menos iguais.

Dispor as meias luas de maçã na parte superior de cada retângulo, barrar o retângulo com a compota e polvilhar com canela.

 

DSC02692.JPG

Dobrar a parte inferior da massa, até cobrir ligeiramente a maçã e começar a enrolar, formando a rosa.

DSC02693.JPG

Colocar numa forma de queques

DSC02694.JPG

Polvilhar com açúcar baunilhado e levar a forno pré-aquecido a 200º por cerca de 30 minutos.

DSC02696.JPG

DSC02698.JPG

DSC02697.JPG

Polvilhar com canela e servir

DSC02702.JPGDSC02700.JPG

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Segunda-feira, 25.05.15

Bacalhau cremoso com natas 3 pimentas, espinafres e cenoura

Já tinha colocado esta receita, mas fiz algumas pequenas alterações e resultou ainda mais saborosa

Bacalhau com Natas é uma das refeições favoritas cá de casa, agrada a todos e é muito prática também para servir quando temos visitas.

Para quem como nós cá em casa, gosta de uma refeição deliciosamente cremosa e apimentada, não pode deixar de experimentar o Bacalhau cremoso com natas 3 pimentas. Esta nata é uma nova variedade da Parmalat que complementa a nata com 3 pimentas: pimenta verde, pimenta branca e pimenta preta, proporcionando a perfeita conjugação de sabor com picante no ponto certo. Além disso é uma nata muito densa, proporcionando uma cremosidade excepcional.

DSC02666.JPG

Bacalhau cremoso com natas 3 pimentas, espinafres e cenoura

 

1 embalagem de Bacalhau Desfiado 400g
200 gr Espinafres em folha ultracongelados
2 cenouras
1 cebola grande
0,5 kg de batatas pré-fritas
Óleo para fritar
1,5 pacotes de Natas com 3 Pimentas Parmalat
Pão ralado qb
Queijo ralado qb
Azeite qb
 
DSC02653.JPG
Para me auxiliar neste prato, eu conto com estas duas belas ajudantes:
DSC02654.JPG
 
Colocar as batatas a fritar em óleo bem quente. Quando estiverem fritas, escorrer bem e reservar.
 
Preparação na Cuisine Companion:
 
Colocar 0,7 l de água quente e no cesto colocar o bacalhau desfiado congelado e os espinafres congelados. Programar Steam por 15 minutos.
 
DSC02656.JPG
 
Entretanto cortar as cenouras em tiras fininhas e a cebola em quartos.
 
No final do programa steam, retirar o cesto, escorrer  bem a água e limpar o interior da taça com uma folha de papel de cozinha.
Colocar a lâmina picadora e picar a cebola, clicando no seletor turbo, durante alguns segundos.
Retirar a lâmina e colocar o acessório misturador. Adicionar azeite que cubra ligeiramente o fundo da taça e programar slow cook, P1, 12 minutos. Ao fim de 5 minutos, adicionar a cenoura, pela tampinha.
No final dos 12 minutos, adicionar o bacalhau e os espinafres, temperar com sal e programar mais 5 minutos em slow cook, P1.
 
Normalmente uso batatas em cubos, como não tinha, usei em palitos e depois cortei a meio.
 
DSC02657.JPG
 
No final dos 5 minutos, juntar as batatas e adicionar as natas e envolver bem com a espátula. Para estas quantidades, 1 pacote e meio de natas é suficiente, mas como esta nata é muito densa, colocar os 2 pacotes não é exagero.
O que sobrar de natas pode utilizar-se para molho para bifes, fica delicioso.
 
Programar 5 minutos, 40º, na velocidade 5. 
DSC02658.JPG
 
Envolver novamente bem com a espátula e verter num pirex.
 
DSC02659.JPG
 
Cobrir primeiramente com uma leve camada de pão ralado e posteriormente com uma camada de queijo ralado.
DSC02661.JPG
DSC02662.JPG
 
Levar ao forno pré aquecido a 220º por 10 minutos.
 
 DSC02664.JPG

DSC02663.JPG

DSC02665.JPG

Preparação Tradicional:
 
Cozer o bacalhau e os espinafres por 15 minutos em panela de cozer a vapor.
Escorrer bem.
Fazer um refogado com azeite, cebola em meias luas e cenoura em tiras finas de deixar apurar. Juntar o bacalhau e os espinafres, temperar com sal e pimenta e deixar refogar durante 5 minutos em lume brando.
Adicionar as batatas e as natas, temperar com noz moscada e envolver bem. Cozinhar mais alguns minutos.
Verter num pirex. Cobrir primeiramente com uma leve camada de pão ralado e posteriormente com uma camada de queijo ralado.
Levar ao forno pré aquecido a 220º por 10 minutos.

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 24.05.15

Clafoutis de cerejas

Cerejas, canela, baunilha, tudo o que eu gosto, num doce com textura de queijada  hum 

DSC02679.JPG

DSC02675.JPG

Ingredientes:

Uma taça de cerejas
200 gr farinha fina para bolos
120 gr açúcar
250 ml leite
3 colheres de sopa de margarina líquida
3 ovos 
margarina, açúcar e canela para polvilhar a base
açúcar baunilhado para polvilhar depois pronto
sal qb
DSC02668.JPG
 
Preparação:
 
Desencaroçar as cerejas e reservar.
 
Com a ajuda de um pincel, untar um pirex com margarina líquida e polvilhar a base com açúcar e canela. Dispor as cerejas a cobrir o fundo.
 
Pré-aquecer o forno a 200ºC.
 
Numa taça colocar a farinha, o açúcar e uma pitada de sal e mexer, misturando com uma colher.
Adicionar os ovos e bater bem com a batedeira. Juntar a margarina e mexer novamente.
Reduzir a velocidade da batedeira para o mínimo e ir adicionado o leite em fio.
Bater bem a massa até estar completamente lisa.
 
Verter a massa no pirex e levar ao forno por 30 minutos. 
 

DSC02669.JPG

Deixar arrefecer um pouco e polvilhar com açúcar baunilhado.

 
DSC02673.JPG
 
O que torna este clafoutis ainda mais delicioso é a mistura de açúcar e canela que se coloca na base e o açúcar baunilhado no topo. Fica um cheirinho irresistível por toda a casa!!!
 
DSC02676.JPG
DSC02674.JPG
 
 
DSC02678.JPG
 
 
Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 17.05.15

Pataniscas de Bacalhau com Arroz de Feijão (cuisine companion)

 DSC02349.JPG

DSC02348.JPG

DSC02352.JPG

 Para as pataniscas, segui a receita que encontrei aqui:

 

http://cantinhocc.blogspot.pt/2014/04/pataniscas-de-bacalhau.html

 

Para o arroz de feijão:

Ingredientes:

1 cebola

2 dentes de alho

1 lata de feijão vermelho cozido ou feijão manteiga

200 gr arroz

600 ml água quente

2 colheres de sopa de polpa de tomate

1 folha de louro

azeite qb

sal e pimenta qb

 

Preparação:
 

Na taça da cuisine companion, colocar a lâmina picadora. Adicionar a cebola e os alhos e picar, clicando no seletor turbo, durante alguns segundos.

Retirar a  lâmina picadora e colocar o acessório misturador, juntar o azeite (ponho sempre a olho), a folha de louro e programar Slowcook P1, 12 minutos.

Adicionar o arroz e programar P2, 100º, 25 minutos.

Ao fim de 3/4 minutos, juntar através da tampinha, a água, a polpa de tomate e temperar com sal e pimenta. 

A 5 minutos do final, juntar o feijão (sem escorrer) e verificar se a água é suficiente ou se necessário juntar um pouco mais. Deixar terminar o programa.

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 17.05.15

Croissants (cuisine companion)

Esta é mais uma receita adaptada da Bimby que me agradou imenso ao ver as fotos dos croissants elaborados por uma outra pessoa e não hesitei em experimentar!!!

 

A receita que segui foi a da "Bimbyces da Cristina":

http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/05/croissants.html

 

DSC02603.JPG

 

Para a cuisine companion adaptei da seguinte forma os passos 1 e 2:

1 - Na taça da cuisine companion colocar o leite, o fermento e o açúcar. Programar 2 minutos, 40º, velocidade 3 (eu não coloco o sal juntamente com o fermento, coloco depois junto com a farinha).

2 - Adicionar os restantes ingredientes e programar P2 massas.

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 17.05.15

Esparregado de Favas (cuisine companion)

DSC02600.JPG

Ingredientes 

Favas

3 dentes de alho

azeite qb

salpicão, bacon ou presunto

farinha de trigo qb

vinagre (um fio)

 

Preparação 

Retirar os fios laterais e cortar as favas em rodelas até encher o cesto de cozer a vapor.

Colocar a cozer no programa steam, com 0,7 l água na taça, durante 50 minutos.

No final dos 50 minutos, retirar o cesto, escorrar a água e secar a taça com papel absorvente.

Colocar na taça da CC, a lâmina picadora, juntar os alhos e o salpicão/presunto/bacon e picar, clicando no seletor turbo, durante alguns segundos.

Retirar a  lâmina picadora e colocar o acessório misturador, juntar o azeite (ponho sempre a olho) e programar Slowcook P1, 12 minutos.

Adicionar as favas, temperar com sal e  juntar um pouco de vinagre e deixar refogar por 15 minutos, no P2.

Ao fim dos 15 minutos, juntar a farinha e deixar cozinhar mais 5 minutos.

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 17.05.15

Tarte de Feijão (cuisine companion e tradicional)

DSC02641.JPG

 

Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada

1 lata (pequena) de feijão branco

5 ovos

100 gr de coco ralado

300 gr açúcar

80 gr açúcar em pó

75 gr Vaqueiro Líquida

 

Preparação:

Na cuisine companion:

Colocar a massa folhada numa tarteira, forrada com papel vegetal, picar o fundo com um garfo e reservar.

Colocar na taça a lâmina para triturar e juntar o feijão, previamente escorrido. Programar 30 segundos, velocidade 8. Após os 30 segundos, com a espátula, empurrar o feijão que está nas laterais para o fundo da taça e programar mais 20 segundos, velocidade 8.

Juntar o açúcar e programar mais 30 segundos, velocidade 8. Juntar depois os restantes ingredientes e programar 1 minuto, velocidade 7. 

Verter na tarteira e polvilhar bem com açúcar em pó.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 30 minutos. Quando começar a ficar dourada, está pronta!

Depois de fria polvilhar com um pouco mais de açúcar em pó.

Tradicional:

Colocar a massa folhada numa tarteira, forrada com papel vegetal, picar o fundo com um garfo e reservar.

Escorrer bem o feijão e reduzir a puré.

Adicionar todos os ingredientes e bater bem com a batedeira até obter um creme homogéneo.

Verter na tarteira e polvilhar bem com açúcar em pó.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 30 minutos. Quando começar a ficar dourada, está pronta!

Depois de fria polvilhar com um pouco mais de açúcar em pó.

Vaq_liq.JPG

 

DSC02651.JPG

DSC02649.JPG

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Sexta-feira, 15.05.15

Desafio SmartLunch - Bacalhau cremoso com natas, espinafres e cenoura, acompanhado de salada de alface e rabanete

Eu sou uma marmita Lover!!!

DSC02635.JPG

De 2ª a 6ª os meus almoços são, sempre ou quase sempre, constituídos por sobras ou aproveitamentos do jantar, que levo para o trabalho em marmitas, apropriadas para uso no microondas e máquina de lavar. A maior parte das refeições continuam perfeitas, aquecidas no dia seguinte.

 
E quem disse que não podem ser almoços cheios de glamour?! 
 
A SmartLunch desafiou 50 bloggers de culinária a fazerem uma receita para a marmita e no âmbito desse desafio, que me deixou encantada, aqui fica o meu jantarinho de hoje, que será o almoço de amanhã :) Um almoço cheio de estilo, na linda SmartBento que a SmartLunch teve a gentileza de oferecer neste desafio e que adorei de coração!
 
 
Bacalhau cremoso com natas, espinafres e cenoura, acompanhado de uma salada de alface e rabanete

 

1 embalagem de Bacalhau Desfiado 400g
300 gr Espinafres em folha ultracongelados
1 cenoura
1 cebola grande
0,5 kg de batatas cortadas em cubos
Óleo para fritar
Azeite qb
Sal, pimenta e noz moscada qb
1,5 pacotes de Molho de Nata para Bacalhau e Outros Peixes
Pão ralado qb
Queijo ralado qb
Rabanete
Alface
Flor de sal
 
Colocar as batatas, previamente cortadas em cubos, a fritar em óleo bem quente. Quando estiverem fritas, escorrer bem e reservar.
 
Preparação na Cuisine Companion:
 
Colocar 0,7 l de água quente e no cesto colocar o bacalhau desfiado congelado e os espinafres congelados. Programar Steam por 20 minutos.
 
Entretanto cortar uma cenoura em tiras fininhas e uma cebola grande em meias luas.
 
No final do programa steam, retirar o cesto, escorrer  bem a água e limpar o interior da taça com uma folha de papel de cozinha. Colocar o acessório misturador. Adicionar azeite que cubra ligeiramente o fundo da taça, a cebola e a cenoura e programar slow cook, P1, 12 minutos.
No final dos 12 minutos, adicionar o bacalhau e os espinafres, temperar com sal e pimenta e programar mais 5 minutos em slow cook, P1.
No final dos 5 minutos, juntar as batatas e adicionar o molho de nata, temperar com noz moscada e envolver bem com a espátula. Programar 3 minutos na velocidade 6. 
Envolver novamente bem com a espátula e verter num pirex. Cobrir primeiramente com uma leve camada de pão ralado e posteriormente com uma camada de queijo ralado.
Levar ao forno pré aquecido a 220º por 10 minutos.
 
 
Preparação Tradicional:
 
Cozer o bacalhau e os espinafres por 15 minutos em panela de cozer a vapor.
Escorrer bem.
Fazer um refogado com azeite, cebola em meias luas e cenoura em tiras finas de deixar apurar. Juntar o bacalhau e os espinafres, temperar com sal e pimenta e deixar refogar durante 5 minutos em lume brando.
Adicionar as batatas e o molho de nata, temperar com noz moscada e envolver bem. Cozinhar mais alguns minutos.
Verter num pirex. Cobrir primeiramente com uma leve camada de pão ralado e posteriormente com uma camada de queijo ralado.
Levar ao forno pré aquecido a 220º por 10 minutos.
 
Acompanhar com uma salada de alface e rabanete, temperada com uma pitada de flor de sal e um fio de azeite.
A salada na marmita só tempero no momento de consumir.
 
DSC02623.JPG
 
Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 14.05.15

Tarte Fácil e Rápida de Natas e Leite Condensado – uma delícia!!!

tarte2.PNG

 

Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada de compra

2 pacotes pequenos de natas (200ml cada)

1 lata pequena de leite condensado

2 ovos + 1 gema

 

Preparação:

Misturar todos os ingredientes até obter um creme homogéneo.

Verter numa tarteira, forrada com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 25 a 30 minutos. Quando começar a ficar dourada, está pronta!

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Revista de blogues

Revista de blogues

Blogs Portugal



PARCERIAS


Orivárzea


parmalat


Guloso


Gradirripas


Rialto


Dulcis


Imporcha-Oriental Sensations