Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

pouparcozinharedivagar



Segunda-feira, 30.03.15

Pavlova de frutos vermelhos

Tinha ainda 6 claras congeladas, que me sobraram das doçarias do Ano Novo e pensei em fazer uma Pavlova. Afinal têm sempre tão bom aspeto, mas nunca tinha feito e receei que fosse uma experiência em vão  ainda para mais com claras congeladas 

Felizmente tudo correu bem  talvez com claras frescas o merengue cresça mais, mas para primeira experiência dou-me por muito satisfeita com o resultado. As natas é que podiam ter ficado um pouco mais consistentes, mas não as levei ao frio depois de bater, sou gulosa por provar tudo 

DSC02305.JPG

DSC02308.JPG

DSC02313.JPG

 

Ingredientes

6 claras

325 gr açúcar

1,5 colher de sopa de maizena

1,5 colher de sopa de vinagre

Para a cobertura:

1 pacote de natas de 200 ml

açucar qb

framboesas e morangos

granulado de chocolate

 

Preparação:

Pré aquecer o forno a 150º

Bater as claras em castelo, até ficarem firmes. Aos poucos adicionar o açúcar, a maizena e o vinagre.

Num tabuleiro, colocar papel vegetal e com um prato desenhar um círculo (o meu prato tinha um diâmetro de 21cm).

Virar o papel vegetal ao contrário, para a massa não ficar em contato com a tinta da caneta/lápis.

Preencher o círculo com o merengue.

Colocar no forno e ao fim de 5 minutos, reduzir a temperatura para 130º. Cozinhar o merengue durante cerca de 1 hora. Evitar abrir a porta do forno até ao final dos primeiros 40 minutos.

Quando estiver pronto, desligar o forno e deixar arrefecer lá dentro.

Para a cobertura, bater as natas, com açúcar a gosto, até ficarem densas (as minhas não ficaram lá muito, apesar de estarem bem frias quando as bati).

Colocar as natas por cima do merengue, quando frio (ou quase) e decorar com os frutos vermelhos e granulado de chocolate.

No dia seguinte está ainda melhor 

DSC02307.JPG

DSC02309.JPG

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 26.03.15

Lasanha de frango com legumes e bacon

Adoro lasanha, mas muitas vezes quando como lasanha fora de casa ou compro pré-preparada, acho que peca pelo excesso de molho bechamel. Eu gosto de um bom equilíbrio entre molho de tomate e molho bechamel.

Aqui fica a minha experiência de ontem para o jantar  Aprovadíssima!!!

DSC02297.JPG

DSC02295.JPG

DSC02301.JPG

 

Ingredientes :

500 gr Peito de frango cozido (3 peitos de frango)

3 fatias de bacon

150 gr cogumelos laminados

125 gr pimentos em tiras

12 folhas de massa de lasanha

2 colheres de sopa de concentrado de tomate

Queijo ralado q.b.

3 colheres de sopa de polpa de tomate

2 cenouras pequenas (ou 1 grande) – cortadas em cubos

1 Cebola média

1 dl vinho branco

Molho de tomate

Alho em pó q.b.

Azeite q.b.

Sal q.b.

Pimenta q.b.

Orégãos q.b.

 

Notas:

1 - O molho de tomate, quando faço molho para pizza, faço sempre a mais e congelo para poder depois usar em receitas como esta , por exemplo. Podem encontrar a receita neste post: http://pouparcozinharedivagar.blogs.sapo.pt/pizzas-caseiras-9287

2 - podem perfeitamente realizar esta lasanha com sobras de frango assado

 

Preparação :

Picar o frango (previamente cozido) na picadora, juntamente com o bacon (ou desfiar). Reservar.

Colocar as placas de lasanha a cozer durante 8 a 10 minutos. Apesar de dizer na embalagem que não é necessário, fica muito melhor assim. No final do tempo, escorrer, passar por água fria e separá-las bem.

Colocar num tacho um pouco de azeite e refogar a cebola. Adicionar a cenoura em cubos, o pimento em tiras e os cogumelos laminados. Deixar refogar um pouco. Temperar com sal, pimenta e alho em pó. Juntar o frango, o concentrado de tomate, a polpa e o vinho branco. Deixar refogar um pouco em lume brando, mexendo ocasionalmente. Se necessário, juntar um pouco mais de vinho branco.

Num pirex espalhar uniformemente no fundo o molho de tomate. Colocar por cima uma camada de placas de lasanha, cobrindo toda a área. Colocar de seguida a pasta de frango e cobrir com molho bechamel, bem espalhado. Colocar uma nova camada de placas de lasanha, mais pasta de frango, espalhando desta vez por cima, molho de tomate. Finalizar com uma camada dupla de placas de lasanha. Cobrir bem com molho bechamel. Polvilhar com queijo ralado e orégãos.

Levar a forno pré-aquecido a 200ºC durante cerca de 30 minutos.

DSC02287.JPG

Falta aqui na foto dos ingredientes, 1 pacote de bechamel, o vinho branco, a polpa de tomate, alguma especiarias e o molho de tomate. Só durante a confeção me foi surgindo necessidade de adicionar mais coisas

 DSC02288.JPG

 DSC02289.JPG

DSC02290.JPG

Esta foi a 1ª camada. Na 2ª coloco molho de tomate em cima da carne. Porque depois já leva o bechamel na cobertura

DSC02291.JPG

DSC02295.JPG

DSC02293.JPG

DSC02296.JPG

DSC02304.JPG

DSC02299.JPG

DSC02298.JPG

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quarta-feira, 25.03.15

Talharim à Carbonara

 

carbonara 1 (2).jpg

Ingredientes:

250 gr de massa talharim

125 gr bacon

125 gr fiambre

1 embalagem molho de nata para carne

2 ovos

50 gr queijo ralado

pimenta preta qb

salsa qb

azeite qb

 

Preparação:

Colocar a massa a cozer em água e sal.

Cortar o bacon e o fiambre em cubos.

Num frigideira colocar um fio de azeite e alourar o bacon e o fiambre.

Adicionar o molho de nata e mexer bem, deixando engrossar um pouco.

Adicionar a massa (previamente escorrida) e envolver bem.

Bater os ovos.

Retirar do lume e envolver os ovos rapidamente e energeticamente, para que não "cozam". Mexer até os ovos estarem bem misturados e a massa cremosa.

Colocar no prato onde irá ser servida. Temperar com pimenta e polvilhar com queijo ralado e salsa picada.

 

DSC02231.JPG

DSC02232.JPG

 

carbonara 3 (2).jpg

 

carbonara 2 (2) (1).jpg

DSC02257 (1).JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Segunda-feira, 23.03.15

Bacalhau à Brás rápido

Quem disse que com batata palha de pacote, não se pode fazer um bacalhau à Brás cremoso? 

À noite nem sempre consigo fotos muito boas, que façam jus ao prato, mas posso garantir que ficou delicioso!

DSC02170.JPG

 

Ingredientes:

400 gr bacalhau desfiado

1 cebola

1 pacote 160 gr de batata palha fina

3 ovos

salsa qb

azeitonas qb

azeite qb

sal e pimenta qb

 

Preparação:

Cozer o Bacalhau Desfiado durante 5 minutos. Depois, coar e reservar.

Cortar a cebola em meias luas e refogar em azeite. Quando esta estiver a ficar dourada, juntar o bacalhau e deixar refogar um pouco. Incorporar a batata palha, mexer bem, e deixar amolecer um pouco. Depois, retirar o tacho do lume e incorporar energeticamente, 3 ovos, previamente batidos e temperados com uma pitada de sal e de pimenta.

Polvilhar com salsa e azeitonas às rodelas.

 

DSC02165.JPG

 

 

 

DSC02166.JPG

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 22.03.15

Hambúrgueres caseiros para o lanche ajantarado de Domingo

Se há coisa que eu tenho quase sempre no congelador, é hambúrgueres caseiros.

Como já falei em outros posts, eu pico sempre a carne em casa, por isso destino logo uma parte para hambúrgueres. Pico a carne com um pouco de salpicão, chouriça ou chourição e adiciono na picadora cebola, alho em pó e ervas de provence. Depois retiro para uma taça e rego com um pouco de molho inglês.

Moldo em forma de bolas, achato e voilá, tenho hambúrgueres prontos a congelar. Utilizo o papel vegetal que me sobra ao colocar a massa folhada nas tarteiras (sobra-me sempre um retângulo), corto em quadrados e nestas alturas utilizo para separar os hambugueres e poder colocar sobrepostos em sacos de congelação.

DSC02272.JPG

DSC02265.JPG

Ingredientes:

Hamburgeres

Pão para hambúrgueres

Queijo 

Fiambre

Bacon fatiado

Alface e tomate

Azeite qb

Flor de sal Rui Simeão Tavira Sal

Pimenta preta

Molhos a gosto

DSC02261.JPG

Preparação:

Colocar um fio de azeite num grelhador e com a ajuda de um pincel, espalhar bem por toda a base.

Deixar aquecer bem e colocar os hambugueres e o bacon em lume médio.

Quando os hambúrgueres começarem a ficar dourados, virar os hambúrgueres e o bacon.

DSC02264.JPG

Depois de cozinhados temperar os hambúrgueres com flor de sal e pimenta.

Rechear os pães de hambúrguer a gosto. Com queijo ou sem queijo, ficam magníficos.

DSC02268.JPG

DSC02270.JPG

 

 

DSC02279.JPG

 

DSC02276.JPG

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Sexta-feira, 20.03.15

Pavê de Palitos La Reine e frutos vermelhos

 

DSC02229.JPG

DSC02230.JPG

Ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 medida da lata de leite 

4 ovos

1 pacote de natas

Açúcar q.b.

Biscoitos Palitos de La Reine

Café

Frutos Vermelhos para decorar

 

Preparação:

Colocar num tacho, o leite condensado, o leite e as gemas de ovos e deixar lume brando até engrossar. Ir mexendo de vez em quando para não colar.

Retirar e deixar arrefecer.

Bater muito bem as natas, com um pouco de açúcar. Reservar.  

Bater as claras em castelo.

Misturar as claras com as natas e levar uns minutos ao frigorífico.

Fazer café forte para molhar os biscoitos.

Numa taça colocar camadas intercaladas de creme amarelo e de biscoitos molhados no café. Por cima dispor o creme branco. 

Levar ao frigorífico. Decorar com frutos vermelhos a gosto. Como eu decorei antes de levar ao frigorífico, os frutos ficaram um pouco "mergulhados" no creme branco .

 

DSC02225.JPG

DSC02226.JPG

DSC02227.JPG

DSC02228.JPG

 

DSC02245.JPG

 

 

DSC02248.JPG

 

DSC02239.JPG

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Quinta-feira, 19.03.15

Timbale de Frango e Espinafres

Timbale não é mais do que uma empada (com imensas possibilidades de recheios) :) um delicioso rissol gigante :)

DSC02210.JPG

DSC02209.JPG

Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada 230 gr

500 gr peito de frango

300 gr legumes variados em pedaços pequenos (pimento vermelho, pimento verde, cogumelos)

300 gr de esparregado de espinafres (usei o pré-cozinhado ultracongelado Iglo)

1 dl vinho branco

1 cebola

azeite qb

sal, pimenta e pimentão picante qb

concentrado de tomate qb

molho de nata qb

queijo ralado qb

1 ovo

Salada a gosto

Vinagre balsâmico

Flor de sal Rui Simeão Tavira Sal

 

Preparação:

Cortar os peitos de frango em tiras e cozer a vapor durante 15 minutos, com um pouco de sal e pimenta.

Ao fim dos 15 minutos desfiar as tiras de frango. O frango já está tenro e como está muito quente, desfia-se facilmente com o auxílio de uma faca.

Num tacho refogar a cebola em azeite, juntar os pimentos e os cogumelos ( eu tenho sempre estes legumes já cortados, congelados em porções, prontos a usar). Deixar apurar um pouco. Juntar o frango, um pouco de concentrado de tomate, um pouco mais de sal e pimentão picante. Mexer bem.

Adicionar o vinho branco, tapar e deixar evaporar (deixar refogar cerca por 5 a 8 minutos). Retificar temperos, se necessário.

Juntar os cubos de esparregado de espinafres. Ir mexendo (para o esparregado descongelar bem). Quando a massa começar a ficar cremosa, bem ligada, está  pronto.

Ligar  forno a 220º.

Num tabuleiro colocar a massa folhada. Picar com um garfo.

Rechear metade da massa folhada com o massa do frango e espinafres. Por cima colocar um pouco de molho de natas para carne (ou molho bechamel) e um pouco de queijo ralado. Basta só mesmo um pouco, como mostro na imagem abaixo 

Cobrir com a restante metade da massa follhada, pressionar bem as extremidades com as pontas dos dedos para a massa unir e dobrar um pouquinho. 

Pincelar a parte de cima da massa folhada, com ovo, e levar ao forno por 15 a 20 minutos (até ficar douradinha e estaladiça).

Servir com uma salada, temperada com azeite, vinagre balsâmico e flor de sal.

 

Obs: Sobra um pouco de massa de frango com espinafres. Acompanha muito bem com qualquer massa, para uma próxima refeição.

DSC02200.JPG

DSC02221.JPG

 

DSC02201.JPG

 

 

DSC02205.JPG

 

DSC02207.JPG

 

DSC02209.JPG

DSC02210.JPG

 

DSC02212.JPG

 

DSC02215 (1).JPG

 

 Se sobrar, já têm marmita para o próximo almoço:

DSC02218.JPG

DSC02219.JPG

E ainda uma dose para acompanhar com uma massa numa próxima refeição:

DSC02220.JPG

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Terça-feira, 17.03.15

Filetes de pescada no forno com couves de bruxelas

 

DSC02180.JPG

DSC02173.JPG

DSC02172.JPG

DSC02174.JPG

 

DSC02177.JPG

 

 

DSC02180.JPG

 

 

Ingredientes

 

 500 gr filetes de pescada

1 ovo

Pão ralado de ervas

Sumo de meio limão

500 gr de couves de bruxelas frescas

50 gr de bacon

Azeite qb

Sal, mistura de pimentas e pimenta preta qb

Vinagre balsâmico qb

 

 

Preparação

 

Pré aquecer o forno a 210º.

Temperar os filetes pescada com sumo de meio limão, sal e pimenta (mistura de pimentas). Reservar.

Num pirex dispor as couves de bruxelas, inteiras ou cortadas a meio e o bacon cortado em tiras. Temperar com azeite, sal e pimenta preta e mexer bem, por forma a envolver bem as couves no molho. Levar ao forno.

 

Passar os filetes por ovo e pão ralado e dispor num outro pirex, untado com azeite (para os filetes não colarem muito e ser mais fácil virá-los).

Levar ao forno por 30 minutos. A meio do tempo virar os filetes, com cuidado. E virar também as couves.

 

Retirar do forno, regar as couves com vinagre balsâmico e misturar bem.

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Segunda-feira, 16.03.15

Coisas que eu gosto: Chás!!!

Coisas que eu adoro: Chás!!!

 DSC02189.JPG

DSC02190.JPG

 

DSC02191.JPG

 

Eu adoro chás, sobretudo chá verde, chá vermelho (rooibos), chá de menta e chá de limonete. Contudo, sendo eu hipertensa, apenas me permito beber 0,5l de chá verde por dia, o que já me parece satisfatório. Eu bebo qualquer chá, sem adição de açúcar ou qualquer sucedâneo.

 

O Chá verde é, além de diurético, rico em antioxidantes, que evitam a ação destrutiva das moléculas de radicais livres que degeneram as células, auxiliando, por exemplo, na prevenção do cancro, tendo efeito anti-envelhecimento e benefícios na eliminação de gorduras.

Ajuda a diminuir as taxas do LDL (colesterol mau) e fortalece as artérias e veias favorecendo a prevenção de doenças cardíacas e circulatórias. Possui bioflavonoides e catequinas, substâncias que bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores.

 

O Chá vermelho (rooibos) tem igualmente um elevado nível de antioxidantes, que ajudam a diminuir a quantidade do colesterol mau, evitando o entupimento das veias e artérias. Não contém cafeína, contrariamente ao chá verde.

O chá vermelho também fortalece o sistema imune, ajuda a emagrecer (acelera o metabolismo e consequentemente faz com que se queime mais calorias), diminui o apetite, promovendo uma sensação de saciedade e auxilia a eliminar o excesso de gordura.

 

O Chá de menta contêm propriedades anti-cancerígenas, anti-fúngicas e analgésicas.

Além disso este chá ajuda no processo de digestão, ajuda a diminuir a flatulência, auxilia no combate às náuseas e enjoos matinais e devido à sua ação espasmolítica, ajuda a evitar espasmos intestinais.

Reduz o stress, ajuda a fortalecer o sistema imunitário e ajuda na saúde bucal.

 

O Chá de limonete (lúcia-lima) é sobretudo aconselhado para o tratamento de stress e ansiedade. Este chá tem um sabor e aroma maravilhoso. É também uma boa opção para aliviar a sensação de estômago pesado.

 

Apesar de seus vários benefícios e propriedades, qualquer chá não deve ser consumido em excesso, pois pode causar problemas como a ansiedade, a insônia ou até problemas renais.

 

De momento, estes são os que estou a consumir. Como tomo chá diariamente, distribuindo a toma do 0,5l durante a manhã e início da tarde, tenho sempre uma grande variedade, para ir alternando.

 

No que respeita ao chá verde em saquetas, a Lipton é minha marca de eleição, pela variedade que oferece no mercado. Contudo há uma variedade de chá da Lipton, que adoro e em Portugal não encontro, chá verde com menta. Esta embalagem veio de França  - sempre que encontro alguém que me pode trazer de lá, eu peço e felizmente há pessoas muito especiais que não se esquecem de mim 

DSC02192.JPG

Em tempos existiu à venda cá em Portugal uma variedade de chá verde com menta da Lipton, mas em termos de sabor ficava muito aquém da comercializada em França.

 

No que respeita a marcas brancas, a minha experiencia, é que a relação qualidade preço, é excelente, sobretudo em cadeias alemãs.

O Lidl, na minha opinião, oferece variedades muito interessantes, nomeadamente o chá verde com baunilha e o chá verde com laranja e gengibre.

 

Na Alemanha, encontrei (penso que na cadeia Aldi - se não era Aldi, era outra semelhante) variedades muito interessantes de Chá verde (chá verde com limão) e Chá vermelho (Rooibos com laranja). E claro não resisti a adquirir umas caixinhas. O Chá vermelho já se foi, ainda tenho algum do verde, esta caixinha Grüner Tee Zitrone.

 

DSC02152.JPG

 

 E vocês que chás tomam? Quais os vossos favoritos? 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Domingo, 15.03.15

Queques de coco

Um ingrediente do qual eu gosto bastante em bolos é... coco 

Estava eu a folhear um livro de um conceituado Chef português e encontrei uma receita de queques de coco, receita essa com adoçante e em que os queques, alegadamente cozeriam em 15 minutos, a150º, em banho maria.

Pois bem, adaptei para açúcar e não hesitei em testar.

Não cozem em banho maria em 15 minutos, nem sequer em 30 minutos. A massa começa a ficar dourada por cima, mas de meio até à base continua líquida. Ao fim de 30 minutos retirei de banho maria, elevei a temperatura para 160º e deixei cozer por mais 15 minutos. Ficaram deliciosos, os últimos que retirei do forno, ficaram tal e qual coquinhos, mas mais fofos no interior :)

Da próxima vez, não vou colocar em banho maria, para testar quanto tempo será necessário. Certamente será bem menos 

DSC02188.JPG

DSC02187.JPG

DSC02186.JPG

DSC02185.JPG

DSC02184.JPG

DSC02183.JPG

 

DSC02178 (2).JPG

 

Ingredientes

3 ovos

210 gr de açucar

130 gr de coco ralado

1 colher de chá de farinha

forminhas de papel

óleo para untar

Preparação

Colocar todos os ingredientes numa taça e bater com a batedeira.

Levar ao forno a 150º, em forminhas untadas, em banho maria, durante 30 minutos. Fazer o teste do palito. Se a massa continuar líquida, elevar a temperatura para 160º, retirar de banho maria e deixar cozer no forno durante mais 10 a 15 minutos.

Quando cozidos, desenformar com cuidado (é melhor deixar arrefecer um pouco), virá-los ao contrário e colocar em novas forminhas de papel, polvilhando com coco.

Enquanto desenformei os primeiros, os que ficaram ainda no forno, ficaram douradinhos, verdadeiros coquinhos. Mas por dentro ficaram bem fofinhos.

A massa rendeu 12 queques, mais um pequenino 

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook em: https://www.facebook.com/pouparcozinhardivagar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por pouparcozinharedivagar

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Revista de blogues

Revista de blogues

Blogs Portugal



PARCERIAS


Orivárzea


parmalat


Guloso


Gradirripas


Rialto


Dulcis


Imporcha-Oriental Sensations